Connect with us

ESPORTE

Chave Ouro do Handebol Paranaense movimentou Londrina

Os jogos foram disputados nos Ginásios de Esportes do Lar Anália Franco e Darci Cortez (Moringão).

Da redação, com Diego Reis Pereira, às 16h44 | 06 de setembro de 2018

Divulgação

Com oito jogos disputados no sábado, e outros oito no domingo, o Campeonato Paranaense de Handebol 2018 – Categoria Livre (Chave Ouro), teve a sua quarta etapa no último final de semana em Londrina. Os jogos foram disputados nos Ginásios de Esportes do Lar Anália Franco e Darci Cortez (Moringão). Após sediar uma etapa do Paranaense Juvenil Sub-18, encerrado na semana passada, com qualidade e excelência, recebendo bem a todos, novamente a cidade prezou por estas questões, tão fundamentais, recebendo bem a todos e disponibilizando excelentes praças esportivas.

Após as 16 partidas, a etapa foi encerrada no início da tarde do domingo, com a vitória do MRV/Unicesumar/Unimed/Londrina sobre a Ahandfoz/SMEL/Foz do Iguaçu pelo placar de 31 a 24. Foram seis partidas no feminino e outras 10 na disputa masculina. Após as partidas desta quarta etapa, o FAG/Cascavel/02 Saúde se mantem na liderança feminina, sob o comando do técnico Neudi Antonio Zenati. No masculino, a liderança é do time londrinense, treinado por Giancarlos Ramirez. As duas equipes representam o Estado do Paraná na Liga Nacional de Handebol. A Prefeitura Municipal de Maringá/Unimed/Unicesumar, que está na vice-liderança feminina. Em segundo lugar no masculino está o ACH/Lanalli/02 Saúde/Cascavel. Porém, o confronto mais emocionante masculino nesta quarta etapa foi entre a Prefeitura Municipal de Maringá/Unimed/Unicesumar, terceira colocada; e a Fecam/Ahandecam/Grupo Integrado/Campo Mourão, que terminou com vitória mourãoense por 31 a 30. Participam no feminino seis equipes, com outras 10 no masculino.

Na etapa de Londrina, a equipe feminina cascavelense feminina venceu dois jogos, enquanto os londrinenses também venceram das partidas.

Fair-Play

Um interessante e raro caso de fair-play foi observado na tarde do sábado no Ginásio de Esportes Darci Cortez, o Moringão, no confronto entre ACH/Lanalli/02 Saúde/Cascavel e a Prefeitura Municipal de Toledo/ATH/APEF, pela disputa masculina da quarta etapa do Campeonato Paranaense de Handebol Livre Adulto – Chave Ouro 2018. O atleta de Cascavel, Cyborg, cometeu uma infração de invasão de área, muito comum na modalidade, e acabou marcando um gol, e a arbitragem apontou o lance de falta, quando o placar apontava 30 a 27 para os cascavelenses. Após alguns minutos observou-se que o placar estava três gols em prol de Cascavel, mas na verdade era dois (29 a 27 no momento), pois a mesa, no lance, acabou dando gol para Cascavel. Após alguns minutos, o técnico cascavelense relatou a mesa que o gol não havia sido válido, e o delegado da partida chamou a arbitragem, que assim retificou o erro ocorrido. “Temos que ter honestidade também no esporte, estamos todos em uma disputa em comum, e é nosso dever ajudar quando vemos ação assim, pois são em pequenos atos desonestos que muitas vezes se produzem consequências piores”, afirmou Neudi. Mesmo assim, Cascavel venceu por 32 a 30, no final da partida. “Podia ter sido 33, mas felizmente pudemos ter esta atitude e escrever uma história diferente no esporte”, complementou o técnico.

Família

A equipe feminina Prefeitura Municipal de Matelândia Handebol veio para a disputa, e encerrou sua participação na quarta etapa no domingo pela manhã, em confronto com a FAG/Cascavel/ACH/02 Saúde, no Ginásio de Esportes do Lar Anália Franco. E a Silvia veio acompanhada de seus filhos, Letícia e Eloah. E a Nany também desfrutou da companhia do seu filho João, durante a sua participação nesta disputa. Podemos dizer então que o clima foi bem familiar, e a Silvia garante que foi importante, e especial. “É bom sentirmos a presença dos filhos, da família, o incentivo, enfim, a presença, é especial e necessário. Para mim, no caso, fundamental,  pois me incentiva e me dá força para continuar”, destaca.

Próxima Etapa

A próxima etapa já tem data marcada. Será nos dias 20 e 21 do mês de outubro, em Saudade do Iguaçu, na Região Sudoeste Paranaense. A última etapa, semifinal e final, acontece nos dias 24 e 25 de novembro, em Maringá. As duas equipes primeiras colocadas atualmente em cada naipe (feminino e masculino), já estão praticamente garantidas na etapa decisiva da disputa. As três primeiras aconteceram em Toledo, Cascavel e Assis Chateaubriand.

A competiçãoA realização da 4ª etapa do Campeonato Paranaense de Handebol Adulto – Chave Ouro conta com o apoio da Prefeitura de Londrina, da Federação Internacional de Handebol (IHF), da Confederação Brasileira de Handebol, da Secretaria do Estado do Esporte e do Turismo (SEET) e da Associação Paranaense de Árbitros de Handebol (APAH), com patrocínio da Itaipu Binacional e da Unipar.    

somos mais de 22 mil seguidores, siga também

Mais lidas da semana

tempo

últimas notícias