Connect with us

ESPORTE

Futsal Campo Mourão: ACMF faz reuniões para iniciar projeto de Lei Federal

Por redação, com assessoria, às 17:02 – 13/07/2018

A Associação Campo Mourão Futsal (ACMF) iniciou reuniões nos bairros da cidade para apresentar o projeto da Lei Federal do Esporte, voltada às categorias de base. A Lei tramitava desde 2013 no Ministério dos Esportes e a aprovação do projeto foi recebida com muito entusiasmo pela diretoria da ACMF. “Estamos felizes com essa conquista, que vai fomentar ainda mais o nosso futsal”, comemora vice-presidente da ACMF, Beto de Souza.

A boa participação da comunidade nas reuniões para apresentação do projeto de abertura de quatro Núcleos em Campo Mourão, deixou a diretoria da ACMF ainda mais motivada. Duas reuniões já aconteceram no Centro da Juventude, visando o atendimento da região do Jardim Aeroporto, e na Escola Professor Nicon Kopko (Jardim Modelo), com vistas ao Núcleo do Jardim Santa Cruz. “Nos surpreendeu a grande participação e interesse dos pais e das famílias pelo projeto”, disse Beto.

Segundo ele, nas reuniões tem sido explicado a funcionalidade e a dinâmica do projeto, bem como o atendimento que as crianças vão receber durante o andamento das atividades. “O grande diferencial é que esse projeto vai muito além da iniciação esportiva. Por meio do esporte, será explorado também o lado social e educacional, buscando o desenvolvimento pleno da criança e do adolescente. Isso nos deixa muito orgulhosos, pois a ACMF vem crescendo não apenas no sentido profissional, com a equipe de alto rendimento, como também pelo aspecto social, oportunizando as crianças do nosso município. Acredito que no futuro vamos colher os frutos dessa garotada, mas num primeiro momento o grande objetivo é explorar a modalidade como mecanismo de desenvolvimento social”, destaca Beto.

O projeto de Lei Federal vai atender 240 crianças e adolescentes, divididos em quatro núcleos, os quais receberão uniformes da ACMF, sem nenhum custo.

A Lei Federal aprovada pelo Ministério dos Esportes liberou a captação de recursos para as categorias de base da ACMF de cerca de R$ 350 mil. O dinheiro deve ser captado junto a empresas parceiras, que podem destinar até 1% do valor do imposto de renda devido para projetos aprovados.

somos mais de 22 mil seguidores, siga também

Mais lidas da semana

tempo

últimas notícias